Apresentação

A ideia para criar este blog surgiu no âmbito do tema da nossa Área de Projecto, que relaciona a saúde e os avanços da ciência e da tecnologia nos nossos dias com o quotidiano.

Escolhemos o tema da auto-imunidade porque está inserido no fascinante capítulo do livro de Biologia doptado pela escola, "Imunidade e Controlo de Doenças", e também pois a pesquisa será muito importante para a nossa vida profissional futura.

Neste blog postaremos inúmeras doenças auto-imunes, e esperamos que estas informações sejam úteis aos leitores.

domingo, 27 de abril de 2008

DOENÇAS DE PELE AUTO-IMUNES (DE BULLOUS)

PEMPHIGUS VULGARIS

Doença de pele activada por anticorpos anti-desmogleína, uma molécula adesiva da pele. Estes anticorpos activam proteases que destroem os contactos celulares causando bolhas por todo o corpo. O corpo perde fluídos, proteínas e electrólito pelas bolhas, e o paciente está em risco de vida se não for rapidamente tratado.

BULLOUS PEMPHIGOID

É uma doença que afecta principalmente os mais idosos, e que se caracteriza pelo aparecimento de grandes bolhas com um fluído transparente, ou por vezes, manchado de sangue. Estas bolhas são causadas pela resposta imunitária de auto-anticorpos contra os antigénios BP-I e BP-II, localizados na membrana basal da pele, que activam o sistema complemento, conduzindo os granulócitos a libertar enzimas.

EPIDERMOLYSIS BULLOSA ACQUISITA

Neste tipo de dermatose não há inflamação, mas há formação de bolhas subepidermais. As bolhas são mais comuns na pele que cobre as articulações, as mãos, os pés e as pernas e são induzidas por traumas. Os auto-anticorpos que causam esta doença são direccionados contra o colagénio tipo VII da membrana basal.

DERMATITIS HERPETIFORMIS/DOENÇA DE DUHRING

Doença de pele crónica caracterizada pelo prurido intenso e pelo desenvolvimento de pápulas e vesículas e pela presença de depósitos de IgA nessa pápulas. Os auto-anticorpos reagem contra os antigénios HLA-B8 e HLA-DR3, presentes na reticulina (glicoproteína que envolve o tecido reticular) e no endomísio (tecido que envolve os músculos).

Sem comentários: